fbpx

8 etapas para instalar Drywall sem dores de cabeça

Compartilhe este post:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on google
Google+

O Drywall são placas de gesso que vem ganhando cada vez mais espaço, principalmente, por causa de sua praticidade e rapidez para construir. 

É bacana que até mesmo quem não é um montador se atreve a subir uma divisória, por exemplo. 

Claro que recomendamos a contratação de um profissional,mas a estrutura é fácil e pode ser montada também por não profissionais. Hoje, a Gypwork vem explicar em 8 etapas como acontece a montagem do Drywall.

Posicionamento

Antes de tudo precisamos definir o local de posicionamento de uma parede de Drywall e para isso você precisa marcar o piso e a laje com um cordão de marcação ou nivelador a laser.

Fixação das guias

Assim que determinado as marcações, com uma furadeira você deve fazer os buracos para que sejam colocadas as buchas e parafusos próprios do sistema de Drywall. Esse espaçamento nas guias deve ser de 60 cm, tanto no piso como no teto.

Instalação dos montantes

Os montantes de estruturação devem ser dispostos, no máximo, a cada 60 cm e, é claro, de acordo com a especificação dos projetos. 

Instalação das placas

Essa etapa deve começar com a placa encostada no teto deixando uma folga de 10 mm na parte inferior. 

Um detalhe muito importante do plaqueamento é que as juntas das placas de um lado seja alternado com as do lado oposto.

O encontro das placas deve acontecer sobre o montante para o aparafusamento nos montantes e nas guias.  Atente-se que o espaçamento deve ser no máximo de 300 mm e dispostos no máximo a 10 mm da borda da placa.

Partes elétricas e hidráulicas.

Se você anda lendo sobre o Drywall já deve saber que uma vantagem é poder passar canos, tubulações e fios por dentro do sistema. 

Para as instalações, fure os montantes de forma alinhada para evitar o desgaste dos fios ou desencaixe já que as instalações hidráulicas, por exemplo, não são muito flexíveis. 

Depois disso é só passar tudo por dentro dos perfis.

Instalação do isolamento termoacústico

Após instaladas as placas e passados os dutos e fios é necessário preencher o espaço entre os montantes com lã mineral.

Vale lembrar que esse preenchimento pode variar de material dependendo da finalidade do projeto, tá?!

Cuidado das juntas

Para emendar as placas é preciso fazer o tratamento delas com auxílio de uma espátula para aplicar a massa e posicionar a fita telada ou de papel.

Então, pressione a fita para que haja mais aderência e para subtrair o excesso de massa. 

Esse processo acontece dos dois lados da estrutura.

Depois de curada, seca, aplique mais duas camadas para nivelar as juntas e cobrir os parafusos certinho. 

Acabamento

Depois de levantada a estrutura e instalada as placas é importante lixar a parede para o acabamento e em seguida pode seguir com pintura.

E assim você tem uma parede de Drywall!

Claro que é preciso conhecer o passo a passo de como instalar o Drywall corretamente e tirar todas as dúvidas para evitar erros durante e depois da instalação. 

Leia também
5 dicas com Drywall para escritórios
5 mitos sobre o Drywall
4 ideias para inovar sua casa com Drywall

E o mais importante, certifique-se de usar materiais de qualidade e específicos para o sistema de Drywall. 

Se esse conteúdo foi útil e caso você esteja reformando a sua casa e precise de ajuda, é só entrar em contato conosco. Você pode nos encontrar pelo WhatsApp, no (11) 9 9332-1900, na nossa loja, na Av. Ver. João de Luca, 1000B – São Paulo/SP, ou nas redes sociais, no @gypwork.

Deixe um comentário

Posts relacionados