fbpx

Você repara nas portas que vê nos filmes?

Compartilhe este post:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on google
Google+

Cinéfilo ou não, você já deve ter visto aquela cena em filmes de Bang Bang, quando o xerife entra no bar pela porta vai e vem. É um clássico, não?! A porta vai e vem era famosa no velho oeste, e nos dias de hoje pode ser uma solução no projeto para otimizar espaços.

Hoje, a Gypwork traz este artigo especial sobre portas para lhe ajudar a entender um pouco mais sobre elas.

Quando você está construindo ou reformando, a porta tem muita importância no projeto arquitetônico, pois são elas que ajudam na melhor circulação do ar e iluminação, assim como, na circulação das pessoas pelos cômodos.

Elas ainda contribuem para definir o estilo do ambiente, por possuírem vários tipos, formas, cores e materiais.

Existem até 12 tipos de portas no mercado e aqui trataremos de algumas.

Começamos pelo fato de que as portas seguem o padrão de 2,10 de altura, sendo o comprimento de 60 centímetros para banheiros, 70 para os demais cômodos e 80 para entrada de cadeirantes ou deficientes.

Tipos de portas

O tipo de porta mais comum é a porta de abrir, aquelas que têm dobradiças verticais e precisam de um espaço livre para ser aberta, além do espaço na parede para a instalação dos batentes.

Outro tipo de porta muito prático são as portas de correr, que correm sob trilhos e podem ter uma ou duas folhas.

(Você deve já ter ouvido esse termo se está pesquisando sobre portas. Para quem não sabe, uma folha de porta nada mais é que a porta em si)

Voltando às portas de correr, os trilhos podem ficar aparentes ou embutidos na parede.

Sua vantagem é que ela ocupa pouco espaço no ambiente e é ideal para espaços pequenos. Mas atente-se que para correr a porta precisa de pelo menos o mesmo tamanho do seu vão de abertura.

Por exemplo: se esse vão tem 60 cm, quando a porta abrir ela precisa correr pelo menos 60 cm.

Se você assiste muitos filmes, já deve ter visto a porta pivotante nas casas luxuosas dos Velosos e Furiosos, por exemplo. Ela é indicada para projetos de alto padrão e são muito elegantes.

A porta pivotante não necessita de dobradiças, ela fica fixa no batente com 2 pivôs e faz movimentos giratórios. É uma porta muito usada na entrada e tem larguras maiores do que o padrão, o que traz um ar de imponência para o ambiente. 

Por outro lado, se você tem assistido Manhãs de Setembro percebeu que no banheiro da Cassandra tem uma porta sanfonada. Essas portas, como o próprio nome já diz, lembram uma sanfona

É um dos modelos mais simples e em conta do mercado, e oferecem a vantagem da economia de espaço.

No mesmo estilo, tem as chamadas portas camarão, bem típicas nos filmes franceses, sendo bastante indicada para ambientes com espaços menores. Ela é bem parecida com a porta sanfonada, porém sua quantidade de dobradiças é menor, entre duas ou três.

Comparada com as portas sanfonadas, a qualidade das portas camarão pode ser melhor, pois suas folhas são mais espessas e a opção de materiais é maior também.

Finalmente, outro tipo de porta muito famoso nos filmes românticos, como no clássico Romeu e Julieta, é a porta balcão.

Ela é muito usada em sacadas, terraços ou varandas. Você já deve ter visto!

Geralmente , as portas balcão são compostas por duas folhas com ventilação, persianas, que são instaladas do lado de fora e outras duas folhas do lado de dentro para trazer iluminação para o ambiente.

Quanto aos materiais, as portas podem variar entre madeira, aço, alumínio, PVC ou vidro.

Materiais

Os tipos de madeiras para portas são o eucalipto, pinus, jequitibá, dentre outros.

Sendo que as portas de madeira podem ser maciças, sarrafeada (com pedaços de madeira intercalados) ou as tipo colmeia (com uma malha de folhas de papel kraft ou miolo intercaladas).

Já as portas de aço são mais simples e baratas, como seu principal elemento é o ferro isso as tornam resistentes e duráveis. Mas de forma alguma elas devem ser instaladas em ambientes úmidos, por que isso pode ocasionar ferrugem nelas.

Para os locais que receberão umidade são indicadas as portas de alumínio. Por se tratar de um material leve sua instalação é mais fácil e podem ser usadas em entradas, áreas externas e lavanderias, por exemplo.

O PVC, por sua vez, é mais comum nas portas sanfonadas e podem ter cores variadas. Sua vantagem é que ele oferece isolamento térmico, além de ser bastante durável. 

E por último, temos as portas de vidro. Elas oferecem design, um ambiente bem iluminado e fácil limpeza.

São portas que não trazem tanta privacidade, então por isso são mais comuns em ambientes de socialização, como as salas de reunião dos filmes.

Pode ser que portas recebam pouca atenção, mas elas trazem estilo e têm uma função essencial nos projetos de construção, seja nos filmes ou na vida real.

Leia também
Agilidade e custo-benefício: descubra as vantagens de fazer uma fachada de Steel Frame
Reforma em casa: dicas para evitar dor de cabeça na sua obra
Cuidados para tomar na pintura de casa

Se esse conteúdo foi útil e caso você esteja reformando a sua casa e precise de ajuda, é só entrar em contato conosco. Você pode nos encontrar pelo WhatsApp, no (11) 9 9332-1900, na nossa loja, na Av. Ver. João de Luca, 1000B – São Paulo/SP, ou nas redes sociais, no @gypwork.

Deixe um comentário

Posts relacionados